Anuncie Aqui Branco Topo

Irisine is a hormone known a few years ago and produced by the muscle in response to physical, aerobic, strength or high intensity exercise.

Its action protects the body from all kinds of diseases, especially metabolic diseases. It has recently been found that in addition to obesity and diabetes, this hormone is associated with telomeres enlargement.

Telomers are the ends of chromosomes that get shorter with age, but if preserved, according to Nobel Prize 2009, Elisabeth Blackburn, avoid aging and increased exposure to diseases.

Irisine, like IRIS, the messenger goddess, plays this role in the context of diseases related to caloric excess such as obesity and diabetes. Recent studies indicate that their presence prevents numerous physical and mental illnesses.

In Alzheimer’s disease, brain disorder characterized by memory and synapse failures has been associated with a lack of brain hormones.

Among the neurons there is a region called the synapse where the neurotransmitters (chemical mediators) act, transmitting the nerve impulse from one neuron to another, or from a neuron to a muscle or glandular cell. It has been found that by increasing irisin levels, the synapse and memory are restored. Therefore, the order is to increase the amount of irisine through physical exercises, since it is produced by the muscles. Take walks, treadmill or free running, use your bike for daily exercise and / or attend a gym under the guidance of a professional. These attitudes will be preserving both physical and mental health, while the pharmaceutical laboratories do not make it available for sale.

Irisina é um hormônio conhecido há poucos anos e produzido pelo músculo em resposta ao exercício físico, aeróbico, de força ou de alta intensidade.

Sua ação protege o organismo de todo tipo de doenças, principalmente as metabólicas. Recentemente verificou-se que além da obesidade e da diabetes, este hormônio está associado ao alargamento dos telômeros

Telômeros são as extremidades dos cromossomos  que ficam mais curtos com a idade, mas se preservados, segundo a premio Nobel de 2009 , Elisabeth Blackburn,  evitam o envelhecimento e uma maior exposição às doenças.

Irisina, como IRIS, a deusa mensageira, tem esse papel no contexto das enfermidades relacionadas ao excesso calórico como a obesidade e a diabetes. Estudos recentes apontam que sua presença evita inúmeras doenças físicas e mentais.

Na Doença de Alzheimer, desordem cerebral caracterizada por falhas na memória e  na sinapse tem sido associada com uma falta de hormônios cerebrais.

Entre os neurônios há uma região chamada sinapse onde agem os neurotransmissores (mediadores químicos), transmitindo o impulso nervoso de um neurônio à outro, ou de um neurônio para uma célula muscular ou glandular. Foi verificado que aumentando os níveis de irisina, a sinapse e a memória são restauradas.  Portanto a  ordem é aumentar a quantidade de irisina através de exercícios físicos, já que é produzida pelos músculos. Fazer caminhadas, corridas na esteira ou ao livre, usar sua bicicleta para exercícios diários e/ou frequentar uma academia sob a orientação de um profissional. Estas atitudes estarão preservando sua saúde tanto física como mental, enquanto os laboratórios farmacêuticos não a colocam no mercado.