Holobiontes (2)

Lembrando o novo paradigma que é a definição de  ser humano como holobionte, um ser pluricelular com milhões os seres vivos agregados à ele,  simbioticamente.

Logo somos todos holobiontes. Por que?  Porque micro organismos que povoam o corpo humano (microbiota) se encontram na pele, boca, nariz, olhos, cabelos, etc. e principalmente no intestino. Esses organismos microscópicos, conforme publicado anteriormente, evoluem com o hospedeiro e podem influenciar sobre a compleição, a saúde física e mental do ser que os abriga.

Estudos recentes mostram que a  coleção de bactérias que vive no intestino das pessoas (microbioma) varia com a idade. Hoje é possível estimar a idade de um indivíduo ao examinar o padrão dos micro organismos presentes no intestino.

A manutenção e o significado das populações de micro organismos presentes no intestino continuam a ser investigadas e essas descobertas são essenciais para entender as características das pessoas com um final de vida melhor do que outras.

Alguns micro organismos, considerados  até recentemente primitivos, tem se revelado espécies chave. Como na  física, a chamada partícula de Deus, do átomo, que atravessa todos os tipos de matéria,  na biologia, os archaea,  moldam seu entorno por interação com o ambiente e agem como espécie-chave, no holobionte e no meio ambiente.

Qual será o real papel destes organismos que constituem uma fração considerável dos ecossistemas da terra?

Imagem:istockphoto