Entre as águas termais brasileiras uma se destaca: Caldas da Imperatriz. Situada na grande Florianópolis, capital de Santa Catarina, sul do Brasil, estas águas minerais foram descobertas pelos portugueses no ano de 1801, numa expedição quando o Brasil ainda pertencia à Portugal.

Conhecidas pelos silvícolas como águas curativas, elas foram duramente conquistadas pelos portugueses, índios e soldados morreram na disputa pelas águas termais.

Através de lutas sangrentas iniciadas nos inícios de 1800 e que se prolongaram por cerca de 20 anos. As flechas dos silvícolas e a destruição das precárias instalações do local eram as ações contra os invasores.

Soldados, Milicianos Del Rei de Portugal, com armas de fogo, ocuparam a região e ficavam na guarda das preciosas águas.

Em Portugal há inúmeras fontes de águas minerais, entre elas a de Caldas da Rainha  que benevolente construiu um hospital para as pessoas que em busca de cura para seus males procuravam as águas termais.

Em nosso país, de forma semelhante, D. João VI, em 1818 decretou a construção de um hospital, criando uma Estância Termal no Brasil.

Dom Pedro II e esposa inauguraram hospital de águas termais em 1845. Teresa Cristina presenteou município com seis banheiras italianas.

Com o Brasil já independente foi, somente em 1845, que o jovem imperador D. Pedro II com sua esposa, a Imperatriz   Tereza Cristina, visitaram Santa Catarina e as já famosas águas termais, que à partir daí passaram a chamar Caldas da Imperatriz. Os moradores da região se emocionavam com a presença de tão excelsas figuras e se ajoelhavam diante dos monarcas e os presenteavam com muitas flores, pois os consideravam pios e benfazejos, segundo cronistas da época.

Dom Pedro II e Imperatriz Teresa Cristina inauguraram hospital de águas termais em 1845.

Essas águas tão disputadas fluem naturalmente com temperatura de 39 graus C e são desintoxicantes e hidratantes. Melhoram as ações do sistema digestório, do sistema nervoso e dos rins, além de serem relaxantes e anti stresse, promovem a cura de muitas doenças. Ossos e articulações são beneficiados, assim como também o reumatismo e as dores articulares. De acordo com a Associação de Turismo Hidrotermal de Santa Catarina, as águas de Caldas da Imperatriz são as melhores de toda a América do Sul.

Essas águas também possuem ação desintoxicante e hidratante. As pessoas se sentem mais leves e rejuvenescidas após se banharem nas águas termais.

A natureza neste local é exuberante até hoje, com muitos pássaros, tucanos e até pequenos quatis podem ser vistos próximos às águas. É sem dúvida um belo presente da natureza.

By Jornalista

Rosa Maria Donini Souza Dias/Two Flags Post