Image: Interpreneur.com

Vejam que grande notícia: foi publicado hoje no The New England Journal of Medicine, revista médica de maior impacto no mundo, o estudo inédito liderado pela Academic Research Organization (ARO) do Hospital Israelita Albert Einstein realizado em parceria com a Pfizer. A pesquisa revelou que o medicamento tofacitinibe, indicado para o tratamento de artrite reumatoide, reduz em 37% o risco de morte ou de insuficiência respiratória em pacientes com pneumonia associada à Covid-19. O trabalho teve a participação de 289 pacientes adultos internados com infecção pulmonar, em 15 centros brasileiros de tratamento.

O medicamento ainda não foi aprovado ou autorizado para uso no tratamento de coronavírus por nenhuma agência regulatória do mundo – isso depende de extensa avaliação de dados por parte dos órgãos reguladores e autoridades de saúde -, no entanto, pode se transformar em mais um recurso relevante contra a doença.

Dra. Janice Caron Nazareth, médica cardiologista, presidente do Comitê de Bioética do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.