O Beijo da Vitória Photo El País/BR

O Brasil em uma fantástica retomada de rumos inicia um novo ciclo de sua vida republicana de pé direito. Na virada do ano abandona os grilhões ideológicos, rompe com o politicamente correto da elite chopinho à beira mar e avança em direção a uma economia de mercado.

O que virá à acontecer, ninguém pode afirmar categoricamente, mas o certo é que os brasileiros cansaram da formula “socialismo de boteco”   e preferiram avançar pelo rumo do que lhes dava mais segurança.

Os brasileiros, ao longo das últimas décadas, perceberam que uma elite politica e debochada assumira o poder  e, no velho estilo “faça o que mando, mas não faça o que faço” pregava o socialismo e se esbaldava no luxo e na ostentação proporcionado pelo roubo dos cofres públicos.

Socialistas de araque distribuíam uma bolsa miséria, na incapacidade total de promoverem trabalho e renda. Não percebiam, os perdulários da Pátria que a “enganação” teria limites.

Até a global  rede brasileira de comunicação está sendo contestada e desmascarada no seu papel manipulador. Descobriu-se, até,  que as famosas “fake news” eram, em grande parte,  o que estes divulgavam sob a forma de depreciativos comentários embalados nos suspeitos ares de seriedade jornalística. 

As pessoas saíram da frente dos televisores e usaram as redes sociais como o principal veículo de comunicação. Fantástico passo, pois além de  se conectarem, mobilizaram toda uma população que em questão de segundos sairam de  sua  zona de conforto.

Os brasileiros descobriram seu poder e elegeram um Presidente da Republica que não tinha tempo de televisão e nenhum tostão para promover suas propostas.  

Assim, aos poucos, o cavalo pangaré como dizia a mídia comprometida, transformou-se num puro sangue que empurrado pelas redes sociais ganhou a  corrida presidencial com grande margem de votos.

Parabéns povo brasileiro!