No momento em que o Brasil atravessa uma das páginas mais difíceis de sua História recente, quando cidades e estados inteiros perdem o controle para o crime organizado e se obrigam a aceitar medidas intervencionistas, sem as quais sucumbiriam de vez ao crime, é importante compreender, que sempre é possível encontrar uma nova alternativa capaz de devolver a a paz e a esperança.

A imprensa brasileira totalmente focada na corrupção, na violência e no processo eleitoral, como não podia ser diferente, quase não percebeu a importância de uma discreta injeção de sangue novo na estrutura da segurança pública do sul brasileiro.

Ao assumir o Governo de Santa Catarina, por afastamento do titular que concorrerá a uma vaga no Senado, Eduardo Pinho Moreira, o novo governador, resolveu colocar como uma de suas principais frentes a questão da segurança pública. Freios de arrumação são bem vindos até quando as coisas funcionam de modo satisfatório.

Advertisement

Assim, o Senhor Governador acertou na opção pelo alvo e principalmente na escolha da lança.

Alceu de Oliveira Pinto Junior, o novo Secretario de Segurança Pública é um outsider da política, advogado e professor, tem laços acadêmicos fortes que o tornam respeitado e influente, tanto no meio em que atua como fora deste.

 

Importante salientar que o novo Secretário é graduado em Direito e Doutor em Ciências Jurídicas, com experiência na área de Direito Penal. A sólida formação jurídica soma-se o seu conhecimento da questão de segurança pública. Em termos figurativos pode-se dizer que está apto a construir masmorras ao crime e palácios a virtude!

A escolha governamental, até certo ponto surpreendente, impulsiona uma salutar saída da zona de conforto, instiga novos procedimentos e busca soluções para problemas que o cotidiano não permitia que se visualizasse.

Certamente, o novo Secretario de Segurança, com seu espirito renovador, irá atentar para a solução dos graves problemas de segurança que já atingem o Estado. Como é o caso do Norte da Ilha de Florianópolis onde o crime organizado disputa cada palmo do caminho. Até mesmo Jurere Internacional, famoso por sua beleza e “segurança” já sente os efeitos da criminalidade. Hoje essa praia se destaca pelo consumo de MDMA (3,4-metilenodioxi-N-metilanfetamina), popularmente conhecido por Michael Douglas, princípio ativo do ecstasy, que ganhou as festas americanas na década de 1980, quando também foi proibida. Droga principal das baladas eletrônicas e das After Parties que se espalham pelos beachs clubs e pelas mansões alugadas com essa finalidade.

Importante salientar que um dos mais graves problemas de Santa Catarina é a violência no trânsito. A esse respeito existe uma forte expectativa pois, Alceu de Oliveira, anos atrás, participou ativamente dos esforços para trazer ao Estado uma unidade do Hospital Sara Kubitscheck especializado no tratamento de pessoas com graves incapacidades de locomoção e traumas causados por acidentes. Além dos problemas de criminalidade, espera-se que a segurança no trânsito transforme-se em uma das prioridades da nova gestão.

Por tudo isso é que se pode afirmar que aqui e agora o universo conspira a favor da vida!

Prof. Dr. José Roberto de Souza Dias, jornalista, foi Diretor do Departamento Nacional de Trânsito e Responsável pela Implantação do Código de Trânsito Brasileiro

Photos: Jornalista Rosa Maria Donini S.Dias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here